sábado, 10 de agosto de 2013

[Coluna] Palavras de uma Escritora


Olá Pessoal,tudo bem? Esta é mais uma publicação da Coluna da Janaína Blanc,escritora parceira do Blog.Hoje ela falará um pouco sobre o Rafael Portati.Vamos conferir?

Olá Leitores,
Como prometido, hoje vamos falar sobre o protagonista Rafael Portati.  Às vezes fico pensando sobre os meus protagonistas e acho que de fato,  sou uma escritora meio à moda antiga, onde os personagens principais tem que ser realmente lindos (rs).  Confesso que até hoje  me agito, só de pensar em algumas atitudes do Rafael no decorrer da trama. Ele é apaixonante  e logo, logo, todos vocês poderão conferir.Outro dia, uma leitora,  a Aninha Fernandes,  me perguntou:  “Eu também vou suspirar pelo Rafael Portari? Como ele é?”.   Fiquei pensando sobre essa pergunta e em como definir o Rafael em uma única palavra? E enfim, a palavra íntegro veio à minha cabeça.Creio que essa palavra o define perfeitamente.  Rafael Portari tem uma infância e adolescência muito  conturbada   e teria todos os motivos para  se tornar amargo e hostil, no entanto,  a cada página ele nos agracia com atitudes magnânimas e decisivas para o desenrolar da trama.  É sem duvida um homem apaixonado,  mas que não  se deixar manipular  pelos Jogadas de Risco,  arquitetadas por Amanda Montero.   Lado a lado,  eles formam uma dupla dinâmica,  que farão os leitores ansiarem  por cada encontro.Espero que tenham gostado.   Então não esqueçam comentem, curtam,  divulguem...  

Trecho de Jogo de Risco

-   Continua mentindo pra mim Amanda Montero  e vou descobrir porque. –  garantiu
Rafael  dirigindo-se à saída.  Precisava sair dali. Sentia ganas de estrangulá-la e  ao mesmo tempo uma vontade louca de possuí-la no tapete da sala.  O misto de sentimentos com relação a ela o estava enlouquecendo.  Amanda Monteiro era uma mulher mentirosa, petulante e debochada  e uma amante fascinante, sedutora e amável. Um mistério envolvia as facetas que ela representava.   Sentia-se ligado a ela de uma forma arrebatadora, mas não podia sucumbir aos seus desejos, antes precisava  descobrir qual era o seu verdadeiro caráter. 

Curiosidade: 

A infância de Rafael  Portari   foi baseada em fatos reais.  Vivenciei  muitas das cenas  descritas entre  ele e sua mãe,  a Joana Portari.

Pensamentos Paralelos: 

“A leitura é uma fonte inesgotável de prazer,  mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede”.
Carlos Drummond de Andrade

9 comentários:

  1. Jana, to louca pra ler, minha curiosidade está aguçada pra conhecer os personagens e entrar nessa trama e poder suspirar.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Oi, Cris, bom demais, ler sua msg....
      Fico super feliz...
      bjusss

      Excluir
  3. MARCELO JAIR ROCHA GUSMAO.10 de agosto de 2013 17:11

    GOSTARIA MUITO DE LER ESTE LIVRO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muuuito feliz. Em breve mandei noticias sobre o lançamento....

      Abraços...

      Excluir
  4. Ahhh, Aninha, nem imagina o quanto fico curiosa para saber o que as pessoas irão achar de Jogo De Risco...Essa ansiedade me mata...rsrsr

    ResponderExcluir
  5. Janaina Blanco, o quanto estou ansiosa e curiosa pra ler esse maravilhoso livro. Jogo de Risco será sucesso!! Estarei divulgando no meu grupo de amigas leitoras. bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha...Ja estou amando toda essa divulgação....
      Bjus

      Excluir
  6. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir